sábado, 11 de setembro de 2010

« HOMENAGEM às VÍTIMAS e FAMÍLIAS do TERROR do 11/9 »

.
.O 11 de Setembro de 2001 foi sem dúvida uma página da História Universal que se viu escrita a sangue (...)



.
> Uma Flor sentida <

.




.

.
O colapsar do WTC (World Trade Center) e de parte do Pentágono, mostrou ao mundo a vulnerabilidade das grandes potências. Aliás, para mim, ao contrário de muitos amigos da minha geração para quem a Nação Norte Americana era o "El Dourado", este mito do "American Way of Life" sempre me pareceu uma ilusão caleidoscópica a que muitos andavam agarrados. Com o ruir do WTC ruiu também o sentimento de confiança que a América mantinha na sua própria invulnerabilidade.
.
Nunca me identifiquei muito com a distintíssima visão do grande pensador Alexis de Tocqueville (29/7/1805 - 16/4/1859) - Alexis Henri Charles Clérel, Visconde de Tocqueville que, no Século XIX, retratou os E.U.A. como o país por excelência da liberdade.
.
Compartilhei mais o modo de ver de Noam Avram Chomsky (Pennsylvania, 7/12/1928) que, vislumbrou o povo Norte Americano como materialista, egoísta e individualista que potenciou que as rédeas de Ronald Reagan, Bush pai e Bush filho levassem esta Nação a uma violenta crise de auto-estima que começou com a tragédia do 11/9/ 2001 e se prolongou até à crise capitalista despoletada pelas fraudes financeiras descobertas na esteira de Bernard Madoff, que ocasionaram metásteses pelo resto do planeta!
.
Os E.U.A. estão longe de servir de paradigma Civilizacional. Tornaram-se mais modestos e mais prudentes com o Presidente Barack Obama é certo, mas precisam de se concentrar mais na casa comum da Humanidade que é o nosso planeta, se se querem ver reconhecidos como autoridades morais! Têm, portanto, um longo caminho a percorrer, de forma a acabar com a instabilidade social e emocional do seu povo fardado e à paisana e, também, no que se repercute pelo resto do mundo.
.
Em poucos minutos, a barbárie provocou o mais grave atentado terrorista de todos os tempos, que fez também explodir o sentimento de invencibilidade dos norte-americanos, 8 meses depois da chegada de George W. Bush à Casa Branca.
.
De hoje a um ano, Marco Zero, o Memorial de 11 de Setembro, de mais de 32 mil m2, será inaugurado no Aniversário dos 10 anos do ataque terrorista, em memória das cerca de três mil vidas que ali pereceram.
Com confiança... e muita esperança...


.

A LIBERDADE MERECE

4 comentários:

Swt disse...

Apresenta aqui umas imagens que eu nunca tinha visto. Muito fortes.

César Ramos disse...

(...) São imagens fortes, pois foram tiradas de mais perto e apresentam maior pormenor!

Ainda havia mais, mas não podia saturar o post nem abusar de sensacionalismos!

Os Pilotos da Polícia tinham toda a liberdade de aproximação; daí a diferença!...

Luisa disse...

Estava a almoçar, quando começaram a dar imagens iniciais. vi o 2º avião a embater numa das torres. Nunca esquecerei.
Ouvi a gravação de uma mulher para o marido, "amo-te, e amo muito os nossos filhos". Assim ficou gravada a despedida no tlm.
Fico arrepiada!

Contudo, não me choca a construção de uma Mesquita perto do Ground Zero.

Bom post, com fotos bem elucidativas.


Bjs

César Ramos disse...

...Aquele espaço, deveria ficar muito afastado de qualquer 'símbolo' religioso.

Só assim se respeita o próximo, considerando que ali pereceram pessoas de todas as convicções religiosas e, também, muitas que não tinham nenhuma!